Veja o que nossa gestão fez e está fazendo !

Fabriciano promove ações em comemoração ao Dia Mundial sem Tabaco

 27/05/2020 

Fabriciano promove ações em comemoração ao Dia Mundial sem Tabaco
Fabriciano promove ações em comemoração ao Dia Mundial sem Tabaco

A Prefeitura de Coronel Fabriciano, por meio da Secretaria de Governança da Saúde, promove nesta semana ações de conscientização sobre o Dia Mundial sem tabaco, comemorado em 31 de maio. A campanha é feita nas redes sociais em virtude das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus e tem como público alvo os jovens considerados alvos fáceis da manipulação da indústria tabagista.

 

A secretaria preparou um vídeo alertando dos males provocados pelo tabaco e um banner digital para compartilhamento nas redes sociais. Nesta sexta-feira, 29, haverá uma live no Facebook da prefeitura com o médico do programa Saúde da Família, Dr. Lucas Bifano.

 

A enfermeira da secretaria de saúde, Marcela Lane Reis de Carvalho, diz que no Brasil são gastos anualmente mais de R$ 56 bilhões para tratamento de doenças provenientes do uso do tabaco e são registradas 400 mortes por dia em função do cigarro e seus derivados. Ela ressalta que os vários tipos de câncer ainda são as principais causas de óbitos, como câncer de pulmão, boca, laringe e estômago. “Esse ano a campanha trouxe o tema do jovem porque o perfil do fumante mudou e cada vez mais a gente tem percebido que os jovens iniciam o consumo do tabaco de forma mais precoce. Então isso é muito preocupante”, disse.

 

Marcela lembra que os jovens sofrem o assédio da indústria por meio dos filmes, séries e outras mídias que escancaram produtos como o narguilé (espécie de cachimbo de água) e o cigarro de palha, cada vez mais disseminado entre o público jovem. O resultado disso é o surgimento de doenças provocadas pelo tabaco de forme precoce entre os 20 e 40 anos de idade.

 

PREVENÇÃO NA REDE PÚBLICA

A Secretaria de Governança da Saúde, por meio do Departamento de Atenção Básica, capacitou profissionais da rede pública municipal, como médicos, enfermeiros, nutricionistas e psicólogos e implantou grupos em várias unidades básicas de saúde dentro do programa de cessação de tabagismo do Ministério da Saúde. Em virtude da pandemia, as atividades dos grupos estão suspensas temporariamente. O trabalho está mantido de forma individualizada para quem estava em tratamento.

 

Os grupos oferecem todas as condições, inclusive medicamentos, para quem deseja parar de fumar. Marcela lembra que os fumantes são mais suscetíveis ao Covid-19 devido às doenças pulmonares crônicas e também pelo compartilhamento de materiais.

 

A DATA

O dia 31 de maio foi instituído como Dia Mundial sem Tabaco em 1987 pela Organização Mundial da Saúde para alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo.